Crescimento Espiritual : 2012

Pesquisar este blog

Ano Novo! Atitudes e Novos Projetos!

Natal, Ano Novo, festas, descontração ... 
Preocupamo-nos com o que fazer entre o Natal e o ano Novo; 
Erramos! A nossa preocupação precisa estar centrada no que vamos fazer entre o Ano Novo e o Natal 
Por isso te convido a refletir e a escrever um novo capítulo que se inicia no primeiro dia do ano, pois juntamente com os fogos que embelezam os céus, um show que impressiona os observadores, iniciamos nova etapa com novas oportunidades. 
É importante atentar para o que o Apóstolo Paulo disse em Filipenses 3.13-14: Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. 
Para melhorar no nosso relacionamento com o Pai Celestial, precisamos Entregar o nosso caminho ao Senhor; confiar nele, e o mais Ele o fará. Salmo 37.5 
Achegar-nos à Deus, e Ele se chegará a nós. Limpar as mãos, purificar os corações. Abrir a Bíblia e absorver cada palavra de vida que nos dá,Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hebreus 4:12

Mensagem de Final de ano "FELIZ 2015"


O Natal e o Réveillon com certeza e sem sombras de duvidas são uma das Festas mais esperada do ano. 
O Mundo inteiro aguardou ansiosamente o mês de Dezembro chegar, para tão somente celebrar, comemorar as Festas de Fim de Ano. 
Foram Grandes as expectativas que Girou em torno das festas Natalinas e das Festas de Final de ano. 
Com a chegada do período das festas o que se percebe é o aumento de veículos no transito, o aumento das pessoas nas ruas, nas lojas, nas avenidas e nos e shoppings. 
É comum, nessa época do ano vermos , comerciais pela internet, comercias pela Televisão anunciando presentes, brinquedos, utensílios domésticos, móveis e artigos decorativos, carros zero , enfim, uma grande variedade de artigos , onde os lojistas mais inteligentes se destacam com preços melhores e algumas promoções para atrair a maior quantidade de clientes, tendo um crescimento considerável nas vendas. 
Infelizmente as Festas de fim de ano se tornaram para muito algo celebrado simplesmente por pura tradição sem qualquer sentido religioso. 
As Festas de Fim para muitos é simplesmente uma mesa farta, com muita comida e bebida e troca de presentes. 
Mas, Acontece que o importante no natal não são os presentes nem tampouco o luxo das festas. 
O Verdadeiro Sentido do Natal foi deturpado e esquecido. Muitos elementos estranhos foram introduzidos na tradição do Natal. 

As minhas forças acabaram

E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao SENHOR. Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti. (2Cr. 20.4.12)
É difícil admitir, mas para ser franco com vocês, quando eu percebi a situação terrível em que me encontrava, eu tremi nas bases, o medo se apoderou de mim de tal forma, que eu fiquei literalmente sem chão, sem teto, sem provisão, como um filhote desprotegido diante de uma fera faminta e enraivecida.
Sim, eu estava totalmente vulnerável, e o pavor tomou conta de mim, as ondas se agigantaram, os ventos contrários derrubaram as velas, e com elas, quaisquer esperanças de permanecer vivo. As águas nervosas invadiram nossa embarcação, e eu estava esperando o momento de afundar e ver o fim de tudo, e a situação era ainda pior, porque eu era o capitão, o líder, o ungido de Deus, eu era o esposo, o pai, o chefe, o mestre. Eu era Josafá, o grande rei de Judá, mas, naquele momento, diante de um inimigo tão poderoso e furioso, eu só conseguia ver uma coisa: As minhas forças acabaram.

QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA NATAL? E QUAL A VERDADEIRA ORIGEM DESTA FESTA?

O SIGNIFICADO DA PALAVRA
A palavra natal é de origem latina “nativitas”, que significa nascimento. O Natal é, portanto, a comemoração do nascimento de Cristo. O dia natalício de alguém é o seu dia de aniversário:“Festejando-se, porém, o dia natalício de Herodes, dançou a filha de Herodias diante dele, e agradou a Herodes” (Mt. 14:6).
A ORIGEM DA FESTA
Embora haja quem diga que o Natal passou a existir por influência da festa judaica de Hanuká (Festa das Luzes), parece consensual a versão de que o Natal, propriamente o dia 25 de dezembro, origina-se de Roma, mais especificamente da festa pagã do “dies solis invicti natalis” (“o nascimento do Sol invicto”), em que se homenageavam o “deus Sol”, quando esse começava a se dirigir para o norte.
Nessa data, era comum as casas serem decoradas com árvores, os amigos trocarem presentes, as pessoas realizarem procissões etc. 
Por se tratar de uma data relevante para aquele povo, e pelo fato de ser praticamente impossível apagá-la de suas mentes, a Igreja Católica decidiu transformar tal cerimônia pagã numa festa cristã.
Foi assim que a partir do ano 336 d.C. surgiu o nosso famigerado Natal!
Ainda sobre o Natal, é bom ressaltar que a figura do Papai Noel foi inspirada no bispo católico Nicolau, que viveu por volta de 350 a.C., o qual tinha o hábito de distribuir presentes para as crianças pobres. 

Transforma-me, Senhor!

Definição de Transformar? 
Dar uma nova Forma, Converter, mudar:
Estamos meus queridos irmãos e amigos em busca de constantes mudanças e na velocidade em que as coisas estão acontecendo somos abrigados a isso.
Estamos sempre em busca de melhorias, transformações e mudanças radicais.
Dificilmente nós iremos encontra pessoas que no pleno século 21, na era da pós - modernidade queria ficar parado, estacionado, neutralizado no Tempo.
Estamos sempre em busca da evolução 
Estamos sempre em busca do Conhecimento, da sabedoria, da ciência e do entendimento.
Desejamos sempre para as nossas Vidas meus queridos irmão e amigos o Melhor.
Em nossas orações Estamos Sempre pedindo a Deus que Realize os nossos Sonhos e concretize os nossos projetos e desejos.
Estamos constantemente pedindo a Deus que faça acontecer o sobre natural em nossas vidas.

De que adianta isso se não tiver a salvação?

Meu carro é blindado.
Nem isso te livra de um assalto
Minha casa é segura
Não o suficiente para impedir a morte de entrar
Posso pagar os melhores médicos
Mas não pode comprar a cura
Tenho muito dinheiro
Dinheiro não compra paz nem felicidade
Conheço os melhores restaurantes
Mas o pão da vida só Jesus pode dar
Tenho problemas insolúveis, mas quem não tem? 
Mas há os que encontraram a solução Em Cristo

Tenho muitos amigos

ERROS NA BÍBLIA

A Bíblia está CHEIA de erros
O primeiro erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
O segundo erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;
E assim erros e mais erros ainda estão sendo cometidos...
Porque as pessoas insistem em duvidar da Palavra de Deus.
A Bíblia está CHEIA de contradições
- Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
- Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
- Ela contradiz o seu pecado e o meu.
A Bíblia está CHEIA de falhas
Porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes ;
- Assim foi com a falha de Adão;
- Com a falha de Caim;
- E a de Moisés;
- Bem como a falha de Davi e a de muitos outros que também falharam.
- Mas Ela é também o relato do amor infalível de Deus.

O que a Palavra de Deus fará por mim?

CRISTÃOS MAIS FORTES:
Os “jovens” de I João 2:14, não eram mais “filhinhos”, tornaram mais fortes, porque a Palavra de Deus permanecia neles e eles haviam vencido o maligno (verso 14).
CERTEZA DE SALVAÇÃO:
A única fonte de certeza é a Bíblia 
1João 5:13 diz: Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.. 
De que serve a Bíblia se não lermos? 
As promessas e garantias que nos são feitas são de pouco valor se permanecerem nas páginas da Bíblia. Nós precisamos tê-las gravadas no nosso coração.
NOS DÁ CONFIANÇA E PODER NA ORAÇÃO:
Podemos conversar com o Pai acerca de tudo que há no nosso coração. Como sabemos que Ele nos ouve? Porque ele afirma em Sua Palavra: 
E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos. 1João 5:14,15; 
Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.João.15:7

A salvação se perde?

Pode um cristão verdadeiramente nascido de novo perder a salvação? Uns especulam que sim, outros por vez asseguram que não, e assim as polêmicas vão se perpetuando por meio das infindáveis conjecturas humanas. No entanto, para conhecermos realmente a verdade precisamos antes de tudo entender a revelação divina nas escrituras sagradas a despeito da segurança da salvação.
De antemão, esclarecemos por meio da palavra de Deus que uma vez realmente salvo, para sempre salvo. Entretanto, convém ressaltar que são as obras (testemunho/caridades) que testificam sobre a veracidade da nossa fé (Tg 2.14-19). Pois toda arvore se dá a conhecer por meio dos seus frutos (Mt 7.17-20).

Ide aos famintos, aos esquecidos e aos desprezados

Até onde você iria por Jesus? Essa pergunta é fácil de ser formulada e talvez difícil de ser respondida.
Jesus Cristo procurou estar com problemáticos, prostitutas, criminosos e adúlteros. Não se preocupou com a própria reputação, não se importou com o que os religiosos da sua época pensariam dessa aproximação, antes, quis levar a mensagem do amor de Deus, a solução dos problemas e a cura.
Será que o cuidado com nossa reputação está paralisa o dever de evangelizar as almas? Será que o medo de ferir nossa boa imagem, pensando no que o mundo secular espera da nossa conduta de crente, nos deixa estagnados? Ou será que a cultura eclesiástica, o que os irmãos esperam de um crente, provoca o receio de falar da salvação aos perdidos?

DEUS QUER UM POVO SANTO

Ao entrar em uma aliança com o povo no Monte Sinai, Deus declarou: “Vós me sereis... nação santa” (Enx.19.6).
Adão e Eva andavam no mesmo jardim que Deus, e falavam com ele. Mas logo pecaram e perderam esta convivência especial; Foram expulsos do jardim do Éden, ­separados de Deus,­ o que foi a morte espiritual que Deus havia prometido como consequência do pecado “O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden para lavrar a terra. E havendo lançado fora...”Gn. 3:23-24.
Povo sem santidade não podia permanecer na presença do santo Deus. Depois que gerações de pecadores morreram num mundo corrompido, Deus escolheu os descendentes de Abraão para ser um povo santo.

Quem é Jesus para você?

Sua vida é o reflexo da visão que você tem de Jesus. Sua conduta corresponde à forma como você o vê. Se a seus olhos ele é fraco, impotente, limitado, derrotado, suas atitudes e ações serão pautadas pela debilidade, impotência, limitações e derrota.
Se a visão que você tem de Jesus é a de um Cristo grande, poderoso, vitorioso, sua vida reflete a sua grandeza e seu poder. Você é também um vencedor!
“Quem dizem os homens que sou eu?”, perguntou Jesus aos discípulos. (Mc 8:27)
“...Algum dos profetas”, responderam.
Essa é visão que o judaísmo tinha de Jesus. Ele é apenas mais um profeta. O emprego do artigo indefinido “algum” traduz bem a visão que tinham dele: Não sabiam bem quem ele era, nem o que se propunha fazer aqui.
Essa é a mesma opinião que têm os muçulmanos a seu respeito. Um dos profetas de Alá, porém inferior a Maomé.

Orar pra que? Se eu já sei o que fazer!

Se Deus já conhece o meu coração, para que eu devo orar? E quem decide aqui sou eu! Senhor manda pra mim uma namorada, Senhor, estou te pedindo, envia ó Pai, mas que seja a “Mariazinha” porque é dela que eu gosto.
Essa geração tem estragado os relacionamentos. Vejo isso a todo o tempo. Pessoas a todo o momento chegam dizendo que oraram e Deus não respondeu. Quando pergunto por quanto tempo foi o período de oração ainda tenho que ouvir coisas do tipo “longas 2 semanas”. Estamos acostumados a receber tudo no regime “Fast Food” e achamos que Deus é obrigado a se moldar as nossas vontades ou se adequar ao nosso tempo.
Lamento te informar, mas não é assim que funciona.

PEDOFILIA NA INTERNET

Estudo aponta denúncias de crimes na internet no Brasil
Casos de pornografia infantil dominam as denúncias de crime na internet feitas no Brasil. De janeiro de 2006 a outubro de 2012, 40,5% do que foi denunciado no país supostamente abrigava conteúdo desse tipo.
O levantamento inédito é da ONG Safernet, especializada em segurança na rede, e resultou no site da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos. A página, que entra no ar hoje, reúne estatísticas de sete entidades que possuem canais on-line para acusações anônimas de delitos contra os direitos humanos e dos animais.
São elas: Polícia Federal, Câmara, Senado, Secretaria de Direitos Humanos, Ministérios Públicos Federais de Minas Gerais e da Paraíba e a própria Safernet.

Aprenda a lidar com a tristeza

A tristeza é um sentimento que responde a estímulos internos e externos; é uma resposta natural a frustrações e a situações de perda. A tristeza é uma resposta que faz parte de nossa forma de ser e estar no mundo. Ninguém recebe somente notícias boas o tempo todo.
Na vida, não há como fugir da tristeza. Portanto, não leve tão a sério os comerciais, em que tudo parece sempre imutavelmente lindo, alegre, perfeito… Tão perfeito que até os cachorros parecem sorrir o tempo inteiro.

Dia dos mortos, origem e prática.

Em nosso país, milhões de brasileiros, das classes sociais mais distintas, de todos os estados da federação, cultivam o hábito de visitarem os cemitérios na expectativa de rezar ou interceder pelos seus entes falecidos.
A prática de orar pelos defuntos iniciou-se por volta do 5º século (d.c), quando a igreja passou a dedicar um dia especifico do ano para rezar pelos seus mortos. No entanto, o culto de finados somente seria instituído na França, no século X, através de um abade beneditino de nome Cluny. Um século depois, os papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigaram os fiéis a dedicar um dia inteiro aos mortos. 

Deus não é mudo, Deus fala!

Existe uma pergunta que não quer calar no meio dos incrédulos e até mesmo dentro do próprio cristianismo:
- COMO SERÃO JULGADAS AQUELAS PESSOAS QUE MORRERAM SEM OUVIR O EVANGELHO DE JESUS?
Esta pergunta quando dentro da lógica da visualização do homem pode ultrapassar qualquer possibilidade de entendimento da mente humana. “Mas é evidente que Deus TEM FALADO e VEM FALANDO ao homem DE MUITAS MANEIRAS" (Hb 1.1).

Deus Não é Garçom!!

Em algumas igrejas hoje está sendo pregado que se você der 10% do que ganha para “deus” (o deus criado por eles) então você poderá exigir o que quiser e ele te dará.
Em outras palavras, estão dizendo que se você der 10% para ele, ele te servirá. Essa não é a função de Deus e sim de um garçom. Devemos sim dar o dízimo, porém devolvendo a Deus algo que não é nosso, e não visando receber algo em troca.
No meio “evangélico” hoje impera a idolatria por um deus que não é o verdadeiro Deus.

Pastor acredita que Avenida Brasil traz uma lição à igreja

Com toda a expectativa em relação ao último capítulo da novela Avenida Brasil, que vai ao ar hoje, muito tem se falado dos motivos que fizeram com que ela fosse um dos assuntos mais comentados pelo país nas últimas semanas.
Tradicionalmente, muitos pastores tem o hábito de condenar as novelas e os evangélicos que as assistem. Em Avenida Brasil há, inclusive, uma personagem evangélica que causou revolta entre alguns segmentos por apresentar uma imagem caricata e polêmica dos evangélicos.
Porém, o pastor brasileiro radicado nos Estados Unidos, Hermes Fernandes postou em seu blog, Cristianismo Subversivo, um texto para tentar mostrar à igreja uma lição que pode ser aprendida com a novela. Reclamando do distanciamento que existe, muitas vezes, entre os relatos feitos nos púlpitos e a realidade de vida dos membros da igreja, Fernandes escreve:

As Obras das Carne

“PORQUE AS OBRAS DA CARNE são:prostituição, impurezas, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias... os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus” (Gl 5.19-23). 
Nenhum trecho da Bíblia apresenta um mais nítido contraste entre o modo de vida do crente cheio do Espírito e aquele controlado pela natureza humana pecaminosa do que Gálatas 5.16-26. Paulo não somente examina a diferença geral do modo de vida desses dois tipos de crente, ao enfatizar que o Espírito e a carne estão em conflito entre si, mas também inclui uma lista específica tanto das obras da carne, como do fruto do Espírito. 
OBRAS DA CARNE 

Amor! Amor? Sim, Amor!

Segui o amor (1 Co.14.1). “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros”. (Jo 13,35). “O meu mandamento é este, que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei... para que a vossa alegria seja completa”. (Jo 15.12,11).
Amor... amor... amor... Nós, os cristãos, falamos muito sobre esse assunto “Deus é amor”, “Jesus o ama”. “Eu o amo”. Mas, lamentavelmente, não amamos de fato o nosso próximo.
Um amor que aceita, que aprova, que acredita nos outros, que é paciente, bondoso, que não é egoísta, nem invejoso, que não guarde rancor, e não se incomoda quando sofre uma injustiça; um amor leal, que acredita e espera o melhor, que não se alegra com a injustiça, mas sim quando a verdade vence; um amor de tal espécie resiste a todas as circunstâncias

Porque Deus não me cura?

Quando ficamos doentes começamos a pensar: “Devo ter feito algo errado no passado e esta doença é o meu castigo!” Por pensarmos desta forma não iremos resolver o nosso problema e sim aumentá-lo, passando dias difíceis nos culpando e nos condenando até que nos voltamos para Deus e questionamos:
“Se Deus é o Todo-Poderoso, que pode todas as coisas, porque não me cura?”.
Na realidade quanto maior a dor e o sofrimento, mais questionamos a Deus, porque para nós é inconcebível ficar doente de causa natural ou pela idade avançada. Sempre associamos a doença a um mau ato ou algo que em si mesmo clama por retribuição ou castigo.
Existe um ser que não ama a Deus e quer que todos nós pensemos o mesmo de nosso Pai que está no Céu. Satanás tem raiva de Deus e ele quer influenciá-lo a pensar que Deus é injusto, que o esqueceu e o abandonou.

Maturidade espiritual

Maturidade espiritual é o alvo do discipulado. A grande ênfase de Jesus na grande comissão é “fazer discípulos”. Nosso compromisso, portanto, vai além da evangelização.
O Senhor quer mais do que crentes ou novos membros em sua igreja, ele quer discípulos.O discipulado é efetivado através da integração na igreja local, pelo batismo, e através do ensino contínuo.

A CRIANÇA DENTRO DE NÓS


Algo que não devemos jamais deixar morrer em nosso espírito, é aquela criança que um dia fomos, e que existia em nosso corpo.
Era uma criança muito feliz, que pulava, ria e adorava brincar com tudo, jamais querendo se desfazer de seus brinquedos velhos.

A imagem de Deus

Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou. Gênesis 1.27
O clímax da atividade criativa de Deus foi o aparecimento dos seres humanos, e a forma como o Gênesis expressa este clímax é descrevendo-os como tendo sido criados “à imagem de Deus”. Porém, os estudiosos não conseguem chegar a um consenso em relação ao significado da imagem divina nos seres humanos.
Alguns consideram que ela significa que os seres humanos são representantes de Deus, exercendo domínio sobre o restante da criação em seu lugar. Outros concluem que a imagem de Deus se refere ao relacionamento especial estabelecido entre Deus e os homens.

Inversão dos valores

A Igreja, “coluna e firmeza da verdade” (1 Tm 3.15), tem como missão, não apenas anunciar o evangelho, mas denunciar os pecados e os valores mundanos dos homens (1 Tm 1.18-20).
A palavra “valor” origina-se do latim e significa “ser digno”. “Valores”, no contexto desta lição, referem-se aos princípios éticos e sociais aceitos por uma pessoa ou grupo, isto é, ao comportamento humano, suas regras e padrões.
Atualmente, tem havido uma “inversão” desses valores: a ética e a moral cristãs, antes aprovadas pela sociedade, vêm sendo sistematicamente substituídas por princípios amorais mundanos (Is 5.18-25; Cl 2.8).

É bíblico honrar, dar “troféus” e discos de ouro?


É bíblico elogiar, homenagear ou premiar pessoas na igreja (no culto) por algum trabalho realizado? Tipo destacando os feitos de uma pessoa, já que realizou mais que outras? É correto dar troféus a um crente? Receber disco de ouro e etc.?
Alguém me questionou se baseando nos textos: “dar honra quem tem honra…” “receberemos de acordo o trabalho realizado nos céus”, o que me diz?
Qual diferença no original das palavras “honra”, “reconhecimento”, “glorificar alguém” e “recompensa”?
REFLEXÃO
“Apesar da dignidade dos homens e do dever de honrar uns aos outros, devemos buscar a honra que vem só de Deus. Nossa recompensa vem dos céus. Tudo que fazemos deve ser para glória de Deus, pois não temos capacidade por nós mesmos, mas ela vem de Deus. Caso receba honras ou glórias transfira para Deus” (Mt 6.1-4; 1 Co 15.58; 2 Tm 4.7,8; 2 Co 3.5; Is 42.8; 1 Co 10.31)
Vale a pena refletir os textos abaixo, com muita atenção:
“… porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados.” (I Samuel 2.30)
A Definição de Honra
A palavra honra no dicionário comum tem o seguinte significado: avaliação, apreço, valorização, respeito e gloria. Quando “honramos” uma pessoa falamos que ela é extremamente valiosa aos nossos olhos. Dizemos que quem ela é e o que ela diz tem um peso grande.
A definição de honra biblicamente -

Não faça da sua historia uma Experiência e sim da sua Experiência sua historia.



"Sofri um acidente" 
Viajando em direção ao futuro, Estava eu acompanhada com a mentira, a ilusão e aparência
Quando bati de frente com a decepção, feriada gravemente com uma dor insuportável no peito e com o coração sangrando . Fiquei com muito medo de que o socorro não chegassem  a tempo. Os curiosos se aproximavam. Todos queriam saber o que  havia de fato acontecido.


Não demoraram muito chegaram os paramédicos trazendo consigo todos os elementos que julgavam ser necessário para o atendimento aos  primeiros socorros, A principio estancaram o sangue e me levaram as presas para o Hospital mundial do direito a vida, chegando lá quem me atendeu foi a Dr. Experiência, Uma medica muito conceituada e conhecida, pelo seu trabalho. Ela olhou para me e disse: ''hoje você estar, mas forte para enfrentar a vida'' a enfermeira que lhe acompanhava chamava-se Força. Que segurou firmemente em minhas mãos e disse: '' seja forte! Você vai vencer'‘, Na sala cirúrgica 
encontrei pessoas amigas que me ajudaram.
A cirurgia foi um sucesso. O tempo passou e Eu já estava recuperada do grave acidente, a 
Dr. Experiência me receitou um remédio chamado Tempo, um remédio muito raro, muitos dizem que o efeito é muito prolongado ,bem demorado, lento na sua recuperação , Mas só ele era capaz de sarar as feridas que a Decepção havia me deixado.
Não foi fácil encontrar, mas enfim ....encontrei na farmácia da'' senhora Paciência'' 
O tempo passou e Hoje estou recuperada ,sarada do grave acidente. Mas Eu levei uma lição da Vida que esta servindo para a vida toda, (Tudo Na vida passa Só o Amor fica Se não ficou! porque não era Amor!)
Não faça da sua historia uma Experiência e sim da sua Experiência sua historia.


A BEM-AVENTURANÇA DO PERDÂO. SALMO 32.

Introdução: – O perdão de pecados fala daquele estado de graça alcançado no momento em que o pecador penitente decide por confiar em Jesus, aceitando a Sua obra na cruz como o preço da redenção individual. O perdão se constitui no marco zero da nossa caminhada para alcançar a estatura de varão perfeito (Ef 4.13).
I. O TRÍPLICE ASPECTO DO PERDÃO.
A idéia de perdão, na Bíblia, tem muito maior alcance e significado do que aquele que costumeiramente temos em mente. Dependendo da raiz donde deriva o termo, perdão significa: “deixar”, “soltar”, “cancelar”, “remir”, “desobrigação”, “cancelamento”, “remissão” e “não levar em conta”. 
Para melhor compreendermos a doutrina bíblica do perdão e a bênção que significa para a nossa vida de salvos, devemos levar em consideração o seguinte:
1. O Perdão é uma Concessão Divina. – (Sl 32.2). – Na Bíblia são abundantes as passagens que falam de Deus como o perdoador de pecados (Dt 29.20; 2Rs 24.4; Jr 5.7; Lm 3.42). Davi disse a sua própria alma: “É Ele (Deus) quem perdoa todas as tuas iniqüidades…” (Sl 103.3). Os judeus tinham a consciência de que ninguém mais, senão Deus, podia perdoar pecados (Mc 2.7). João, o apóstolo amado, diz que Deus está pronto para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça, mediante Jesus Cristo (1Jo 1.9).

Angelologia

Razoável é que haja uma escala ascendente da vida, desde o homem subindo para Deus, tanto como há uma escala descendente da vida, do homem para baixo. Uma contemplação da vastidão e da maravilha deste universo pode bem levantar a pergunta: É o homem a única criatura que "tem uma mente apreciar e contemplar este favor de Deus" e para louvá-Lo por isso? Sem a Bíblia seriamos deixados em cega conjetura, mais, nela, temos clara revelação de uma ordem de seres acima do homem, de ordens e graus existentes e ascendentes, chamados anjos.
I. A NATUREZA DOS ANJOS
1. SÃO SERES CRIADOS.
No Salmos 148:1-5 os anjos estão entre as entidades exortadas a louvarem o Senhor na base que "Ele mandou e eles foram criados". Que os anjos foram seres criados está bem provado em Colossenses 1:16, que diz: "Porque nEle foram criados todas as coisas, nos céus e sobre a terra, visíveis e invisíveis, quer sejam tronos ou domínios ou principalidades ou potestades".
2. ELES SÃO ESPIRITOS PUROS.
Não queremos dizer aqui que todos os anjos são sem pecado; porque, como veremos mais tarde, alguns são maus. O que queremos dizer é que a natureza dos anjos é espírito não misturado com materialidade. Os anjos não possuem corpos como parte do seu ser, mesmo que ainda assumam corpos para a execução de certos propósitos de Deus, como em Gênesis 19. Afirmamos que os anjos são espíritos puros porque, em Hebreus 1:14, são chamados espíritos. O homem não é nunca designado assim inqualificadamente. Cristo disse que "um espírito não tem carne e ossos" (Lucas 24:39).

A possessão demoníaca pode atingir um cristão? Silas Malafaia comenta

A possessão demoníaca pode atingir um cristão? Silas Malafaia comentaÉ possível que um cristão seja possesso por demônios? Essa questão é bastante comentada e discutida entre os evangélicos brasileiros. Para tentar esclarecer esse caso o pastor Silas Malafaia falou sobre o tema em sua coluna no site Verdade Gospel.
A primeira coisa feita pelo pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo foi separar o que é possessão demoníaca e opressão e daí sim mostrar o seu ponto de vista a respeito desse assunto tão polêmico.
Na visão de Silas Malafaia um cristão pode ser suscetível à opressão maligna que seria uma forma encontrada pelo diabo para roubar, matar e destruir as pessoas. “Se as pessoas não estiverem armadas nos caminhos do Senhor e atentas às investidas do inimigo, poderão ser levadas à preguiça, ao desânimo, às incertezas, à desobediência, à exaustão física e até à depressão”, explica.
Um exemplo dado pelo pastor assembleiano sobre opressão foi a história de Jó. Malafaia ainda dá um dica para quem quer vencer essas investidas de Satanás: ” é preciso estar em constante oração, jejum e leitura da Palavra”.
A possessão demoníaca seria quando os demônios passam a morar no corpo da pessoa, algo que acontece sem que haja uma razão para isto, mas Malafaia acredita que um cristão que tenha o Espírito de Deus não terá um espírito maligno habitando dentro de si.
“Qualquer pessoa pode ser oprimida pelo diabo, mas só os que não são templo do Espírito Santo podem ser possuídos. Afinal, onde o Espírito de Deus habita o inimigo não pode entrar”.

Dificuldades da Vida Cristã

Em todas as cidades há muitos crentes solitários, tremendo de frio espiritual, agachando-se para evitar os que lhe desejam fazer bem. São pessoas feridas em seu espírito, surradas verbalmente desta ou daquela maneira pelos irmãos da fé. Veem-se indignas diante de Deus, e temem partilhar sua vida com outro ser humano, pois seriam condenadas e rejeitadas.
Isaías viu com perfeição o coração de Jesus, e o que ele viria fazer. Resumiu o caráter e o ministério de Jesus no capítulo 42:3 de sua profecia: “Não esmagará a cana quebrada, nem apagará a torcida que fumega...”. Os fariseus descartavam-se das pessoas que haviam falhado na vida, mas Jesus restaurava aquelas canas esmagadas, transformando-as em instrumentos musicais que tocavam seu cântico da graça.
A nossa aceitação diante de Deus e da igreja não depende do nosso desempenho e do nosso comportamento.; mas sim do amor ÁGAPE de Deus.Ele está levando-nos a ver que o modo de caminhar ao seu lado não é mediante uma lista de regras impostas de fora, mas mediante a vida interior e os apelos do Espírito Santo.
Não havia perdão na lei de Moisés para o adultério, nem para o assassinato, de modo que a lei o condenava sem misericórdia. O povo espalhava intrigas, dizendo que Deus o havia posto fora.
Entretanto, Davi enxergava além de todas as condenações, viu Deus, e ousou crer que o Senhor o amava infinita e eternamente. Foi esse o amor que Davi apelou ao escrever: “Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade e, segundo a multidão das tuas misericórdias, apaga as minhas transgressões.” (Sl 51:1). 
No versículo 11: “Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito.” Davi sabia que Deus não o tinha jogado fora, e que o Espírito Santo ainda estava nele. Não importava o

O QUE PRIORIZAMOS NA VIDA?

O que todo ser humano quer é ter saúde, dinheiro e muito amor.
Mas será que realmente nos preocupamos com isto? 
Se observarmos ao nosso redor, vemos pessoas estressadas, fadigadas, cansadas de mais um longo dia de trabalho. Encostam suas cabeças em algum canto de um ônibus e dormem o caminho todo, ou simplesmente vai em pé com a cara toda fechada ou com um semblante abatido, triste, se perguntando por que estou assim? Por que tive que ter uma vida tão cruel?
A resposta é todo ser humano prioriza alguma coisa em primeiro lugar na vida e é apartir deste primeiro lugar que a vida tem um verdadeiro sentido. Se você acorda e determina que terá um dia feliz, basta você determinar isto e que ninguém vai mudar, você faz a sua vida, o seu dia, a sua história, Deus contribui com isto, basta ser um bom filho a Ele, e com certeza Ele vai te ajudar.
As pessoas têm se preocupado tanto com vida material que esqueceram que tem família, que tem uma vida que tem que ser vivida com alegria, com prazer, se divertir com a família. Temos que ser felizes tome uma atitude. Você é capaz, eu acredito em você, Deus também.
Enfim, quando você ver pessoas abatidas por aí, tristes, estressadas, com raiva, é porque somos seres humanos e estamos sujeitos a isso, mas podemos mudar porque devemos mudar a nossa rotina diária, sorrir para as pessoas, observar o que se tem de bonito ao nosso redor, alguma coisa vai ter, e vê tudo que Deus criou e crê que existe muita coisa
maravilhosa para se fazer, vai fazer uma caminhada, vai jogar futebol com os amigos, jogar vôlei com suas amigas, sempre tem o que se fazer.
A vida é feita de escolhas que podem mudar as nossas vidas, se você decidiu ser triste, o problema é seu, eu quero é ser feliz, e eu posso, você também.

Texto enviado pelo usuário: Maycon Crispim
E-mail de contato: mayccrisp@gmail.com

Quem crê em Deus pode ter depressão?

A depressão é uma doença séria que, especialmente nas últimas décadas, tem atingido pessoas de todas as idades, classes sociais, religiões, sendo considerada um mal do século 21. Ela pode levar o indivíduo a um estado de agonia e melancolia profundas e até ao suicídio.
Do ponto de vista médico, a depressão, ou transtorno depressivo maior, é um problema que tem diversas causas e que se apresenta com uma grande variedade de sintomas. Os mais comuns são humor rebaixado, acompanhado de tristeza, angústia e sensação de vazio, e redução da capacidade de sentir satisfação/prazer.
Existem vários tipos de depressão; as mais conhecidas são a depressão maior, a crônica (ou distimia), a atípica, a pós-parto, a sazonal (durante estações do ano), a menstrual e a senil.
A depressão é um problema endógeno (bioquímico e emocional) que altera a forma como a pessoa enxerga a si própria e os outros, interpreta a realidade e manifesta suas emoções. Essa disposição mental normalmente afeta todo o metabolismo da pessoa, podendo diminuir sua imunidade e aumentar a chance de ela desenvolver doenças como infarto, derrame e diabetes, por exemplo.

Como vencer o desânimo

Na sociedade que vivemos que é de mais de sete bilhões de pessoas, todos nós seres humanos passamos por circunstâncias difíceis; e desanimamos.
1. Ninguém pode dizer que jamais adoeceu, por que todos nós já adoecemos pelo menos uma vez.
2. Ninguém pode dizer que jamais se entristeceu, por que todos nós já nos entristecemos mais de uma vez.
3. Ninguém pode dizer jamais desanimei, porque todos nós alguma vez nos sentimos desanimados.
Todos nós passamos por dificuldades; no aspecto econômico, aspecto de saúde e nos desanimamos.
Assim também, na área espiritual passamos circunstancias que são difíceis, que nos desanimam.
Toda pessoa pode vencer o desânimo.
No texto de Jeremias 20:7-12 encontramos o segredo para vencer o desanimo.
I. Toda pessoa pode vencer o desanimo, não escutando o que outros dizem negativamente.
Porque ouvi a murmuração de muitos, terror de todos os lados: Denunciai, e o denunciaremos; todos os que têm paz comigo aguardam o meu manquejar, dizendo: Bem pode ser que se deixe persuadir; então prevaleceremos contra ele e nos vingaremos dele. (Jr. 20.10).

O valor da amizade

Os amigos são vitais em nossa vida. Não podemos viver sem eles. A amizade melhora o nosso bem-estar físico, mental e espiritual. Bons relacionamentos contribuem para mantermos a saúde bem e ainda curam as depressões. Assim como os perfumes alegram a vida, a amizade sincera dá ânimo para viver, Provérbios 27.9.
Não possuir amizades de qualidade é ruim para a saúde, o ânimo, a produtividade e a longevidade de todos nós. Portanto, sempre invista em suas amizades. Elas contribuirão para sua própria felicidade.
Os nossos amigos podem desempenhar alguns papéis em nossa vida que servirão de preciosa ajuda em nossa caminhada. O segredo é não querer que eles sejam perfeitos em todas as áreas. Afinal, nós também não somos.
Tipos de amigos
INCENTIVADORES

Você pode vencer nas crises

Porque, que glória será essa, se, pecando, sois esbofeteados e sofreis? Mas se, fazendo o bem, sois afligidos e o sofreis, isso é agradável a Deus. 1 Pedro 2:20
A Igreja primitiva era composta em grande parte de escravos convertidos a Cristo. Calcula-se que mais ou menos metade da população do Império Romano era composta de escravos. Entre os escravos, produtos das guerras, existiam médicos, professores, secretários e financistas. De qualquer maneira, mal ou bem tratados, os escravos não eram considerados pessoas, mas como "propriedade" do seu dono.
Embora nossa situação social atualmente seja diferente - conquanto tenhamos muita opressão, injustiça, miséria e, às vezes, até de uma escravidão disfarçada - os conselhos de Pedro continuam, hoje, sendo muito válidos para nós também.
Podemos e devemos ter vitória interior sobre os problemas e dificuldades. O sofrimento pode ser uma bênção ou uma maldição. Tudo depende das reações diante dele.